As Notícias do Brasil
Publicado em 14/06/2015, às 12:38
Fonte: R7, Viva Saúde, Mater Dei

Você pode ser o herói de alguém: doe sangue!

O sangue funciona como um transportador de substâncias de extrema importância para o funcionamento do corpo. Além disso, quase toda a defesa do organismo está concentrada nele. É um tecido de extrema importância para o funcionamento da máquina humana e não pode ser substituído por nenhum outro líquido. Por este motivo a doação é tão importante.

Alguns cuidados antes e após a doação são necessários. Antes da doação é recomendado que o doador não fume por algumas horas, não beba 24h antes de doar e alimentar-se de forma leve e saudável. Após a doação, o doador deve se hidratar, não dirigir moto, nem realizar atividades de risco, fazer uma dieta leve, não beber e nem fumar.

Homens e mulheres podem doar, no entanto os homens podem realizar a doação a cada 2 meses, não podendo exceder 4 doações por ano e as mulheres podem doar a cada 3 meses, não podendo exceder 3 doações por ano.

Uma doação é capaz de ajudar mais de uma pessoa, afinal, os hemocomponentes (componentes do sangue) são divididos em quatro bolsas: concentrado de hemácias, concentrado de plaquetas, plasma fresco congelado e crioprecipitado.

A proposta do Ministério da Saúde e dos hospitais é estimular a doação espontânea, fazendo com que elas não sejam apenas de reposição, para que não haja falta nos bancos de sangue. Se não há falta nos bancos, não há atrasos nas cirurgias, os pacientes são atendidos adequadamente e não ficarão preocupados com a possibilidade de seus procedimentos não serem realizados a tempo.

Alguns mitos levantados por pessoas sem a devida instrução têm colaborado para que os hemocentros recebam menos doadores. Entre eles estão:

- Quem doa sangue uma vez tem que continuar doando pelo resto da vida;- A doação 'engrossa' o sangue, entupindo as veias;- A doação faz o sangue 'afinar', 'virar água', provocando anemia;- Doar sangue engorda;- Doar sangue emagrece;- Doar sangue vicia;- Mulheres menstruadas não podem doar sangue;- 'Posso ficar sem sangue suficiente';- Os doadores correm risco de contaminação.

Por tanto, esqueça os mitos. Doe sangue e ajude a salvar vidas!