Notícias

27.09.2018
Brasil

Pesquisadoras brasileiras criam sorvete que ameniza os efeitos colaterais da quimioterapia

Na Universidade de Santa Catarina, pesquisadoras da área de nutrição desenvolveram um sorvete capaz de amenizar os efeitos colaterais das sessões de quimioterapia, como náuseas, feridas que podem aparecer na boca e perda de apetite, sintomas que dificultam a alimentação do paciente.

O alimento, que foi testado durante um ano no Hospital Universitário da UFSC, teve resultados bastante positivos. Com três opções de sabores (chocolate, morango e limão), o sorvete funciona como um complemento alimentar. A receita traz, além de frutas, outros ingredientes singulares, como azeite de oliva, gordura de alto valor nutricional, e proteína.

O sabor facilita a ingestão com as náuseas, o gelado ameniza as feridas bucais, e os ingredientes oferecem justamente os nutrientes que os pacientes tanto precisam, fazendo com que o sorvete funcione de fato como um suplemento alimentar.