Notícias

01.07.2021
Conquistas

Pesquisadora brasileira ganha ‘Oscar’ da Oncologia

A pesquisadora e psicóloga brasileira especializada em oncologia, Cristiane Bergerot, 39 anos, ganhou destaque internacional ao conquistar o Global Oncology Young Investigator Awards 2021, uma espécie de Oscar da Oncologia Mundial.

A premiação, oferecida pela Conquer Cancer Foundation, dos Estados Unidos, é uma honraria dada a especialistas em início de carreira que trabalham com projetos que impactam de forma significativa para contribuição no tratamento de pacientes com câncer. O prêmio foi entregue em um dos maiores congressos mundiais sobre oncologia, o Asco Annual Meeting 2021, que aconteceu no início de junho.

“É uma surpresa, pois é uma premiação que, tradicionalmente, reconhece médicos. Acredito que sou a única psicóloga a receber a bolsa, e a única brasileira nesta edição”, destaca a brasileira, natural de Brasília-DF.

O projeto de Cristiane buscou investigar a viabilidade e os benefícios de um atendimento multidisciplinar via telemedicina para pacientes oncológicos de 65 anos ou mais.

Atualmente, há mais de 700 milhões de pessoas com idade igual ou superior a 65 anos. De acordo com a especialista, mais de 60% de todos os adultos diagnosticados com câncer são idosos com 60 anos ou mais. E o tratamento via telemedicina representa um grande desafio global na assistência oncológica.