As Notícias do Brasil
Publicado em 25/09/2015, às 15:56
Fonte: EAB

Pedagogia de Emergência

 

EAB e ONGs propõem workshop sobre metodologia pedagógica para superação de traumas

Criada em 2006, a Pedagogia de Emergência atua a partir dos princípios Waldorf para reintegração psicológica e social com resultados positivos no Líbano, China, Gaza, Indonésia, Haiti, Quirguistão, Japão, Quênia, Curdistão-Iraque, Filipinas e Nepal.

Nos dias 28 de setembro e 3 de outubro, a organização sem fins lucrativos e apartidária Eu Amo o Brasil – EAB, em parceria com a Freunde der Erziehungskunst Rudolf Steiners (Amigos da Arte de Educar), Sociedade Santos Mártires e a Fundação Julita, promoverá workshop destinado a professores, educadores, psicólogos, terapeutas, pedagogos, pais, interessados em geral e moradores das localidades para treinamento sobre abordagem de traumas crônicos e patologias sociais em crianças e jovens em situação de vulnerabilidade. Os ciclos serão ministrados nos bairros Jardim Ângela e Jardim São Luís, ambos na zona sul da cidade de São Paulo.

Para os eventos, a EAB convida o grupo brasileiro entre eles Reinaldo Nascimento – integrante do time internacional de Pedagogia de Emergência – que apresentará essas alternativas, elaboradas a partir de elementos da Pedagogia Waldorf, de Rudolf Steiner, e de terapias afins.

Reinaldo Nascimento colabora com intervenções em campos de refugiados de guerras, vítimas de terremotos, entre outras catástrofes ao redor do mundo, como ocorreu no Quênia, Líbano, Filipinas, Gaza, Curdistão-Iraque e Nepal, de onde retornou recentemente. Sua metodologia sugere trabalhar a aceitação do trauma como uma oportunidade de desenvolvimento diante do ocorrido.

Breve histórico

Durante a Guerra do Líbano, em 2006, o professor Bernd Ruf conviveu com crianças e jovens traumatizados em um campo de refugiados em Beirute e desenvolveu, com base na Pedagogia Waldorf, um currículo completo para a Pedagogia de Emergência.

O método tratou da recuperação psicológica de quinze adolescentes libaneses, cujos traumas os destacaram ante aos outros que conviviam na região. Durante a eclosão da Guerra do Líbano, o grupo de jovens participou do Festival Mundial da Juventude da UNESCO, em Stuttgart, durante a Copa do Mundo da FIFA 2006. Apesar do conflito local, as famílias dos jovens desejaram seu retorno ao Líbano. Os traumas da convivência violenta e da guerra induziram, assim, o primeiro projeto piloto de Pedagogia da Emergência no mundo.

Serviço:

Data: 28 de setembro, segunda-feira

Horário: 9h às 17h

Evento gratuito

Local: Rua Luís Baldinato, 9 – Jardim Ângela – São Paulo

 

Data: 3 de outubro, sábado

Horário: 9h às 17h

Evento gratuito

Local: Rua Nova do Tuparoquera, 249 – Jardim São Luis – São Paulo

Mais informações: http://www.euamoobrasil.org.br/noticia/workshop-%7C-pedagogia-de-emergencia-2

 

Suporte à imprensa:

Aline Moraes: (11)969.103.998; Jessica Albuquerque (11) 999.908.915