As Notícias do Brasil
Publicado em 13/08/2014, às 11:27
Fonte: EAB

O título que não queríamos ter

 

Poucos sabem, mas nós temos um título mundial que ninguém gostaria de ter. Somos campeões em homicídio. Sim, o Brasil é o país com maior número absoluto de homicídios em todo o mundo.

Segundo o Relatório Global sobre Homicídios 2013, lançado pela ONU no último mês de abril, foram registrados 50.108 homicídios no Brasil somente em 2012, o que representa mais de 10% dos assassinatos cometidos em todo o mundo: 437 mil.

O uso excessivo de drogas (incluindo o álcool) e o fácil acesso a armas de fogo foram apontados pelo relatório como componentes determinantes nos atos de violência letal.

O sumário executivo do relatório da ONU afirma que 'um sistema efetivo de justiça criminal que assegure investigação rigorosa e julgamento justo de suspeitos de homicídio é um pré-requisito para a defesa do Estado de Direito e para a promoção de justiça às vítimas de homicídio'.

Exatamente o oposto do que ocorre no Brasil. Já que no mesmo ano de 2012, o Conselho Nacional do Ministério Público revelou que o país arquiva mais de 80% dos inquéritos de homicídio, na maioria das vezes porque a autoria permanece desconhecida.

Mas não se trata de uma peculiaridade dos homicídios. O Estado de São Paulo, o mais populoso do país, sofre também com a impunidade nos casos de roubo. Conforme revelado pela Secretaria de Segurança Pública paulista no último mês de março, apenas 2% dos roubos praticados na unidade federativa são esclarecidos. E essa é uma realidade que se estende por todo o território nacional.

Precisamos inverter essa situação! Precisamos diminuir o número de homicídios e acabar com a impunidade. É isso que a associação Eu Amo o Brasil quer para a sociedade brasileira: cadeia para quem mata e uma Lei igual para todos. Queremos sair de casa sem medo! Queremos segurança para os cidadãos e para nossas famílias!