Notícias

08.03.2019
Educação

O que você tem feito pelo Brasil? No Rio de Janeiro, voluntários dão aula de reforço escolar em praças públicas

Às vezes nós não temos condições para mudar o mundo, mas pequenas ações são capazes de melhorar a realidade que nos cerca. Este foi o exemplo dado por Silvério Moron, 63 anos, ao comunicar em suas redes sociais que estaria tirando dúvidas de matemática e física em uma praça de Botafogo, no Rio de Janeiro. Assim começou o projeto “Adote um Aluno”, criado por ele em março do ano passado.

Aos poucos, os alunos foram chegando à Praça Compositor Mauro Duarte, onde tudo começou. E, com eles, chegaram também novos professores voluntários para ministrar aulas de alfabetização, português, matemática, física, química, inglês, biologia e história.

O projeto foi ganhando cada vez mais adeptos (tanto de alunos, como de professores voluntários), chegando ao ponto de ter diversas filiais em praças de outros bairros como o Aterro do Flamengo, Tijuca e Grajaú. Em dezembro, quando se encerrou o ano letivo do “Adote um Aluno”, havia 23 professores voluntários e mais de 170 estudantes, com idades entre 7 e 93 anos.

Este será o segundo ano do projeto, e Silvério faz um apelo: “convoco todas as pessoas que tenham conhecimento sobre qualquer assunto para que ocupem uma praça pública. Compartilhem esse conhecimento com quem precisa e quer aprender esse assunto”.