Notícias

25.06.2018
Sustentabilidade

No Brasil, geração de Energia Solar cresce 1.300% no último ano

A energia solar segue em expansão no Brasil, trazendo mais geração de energia limpa e renovável, e ajudando a complementar a matriz elétrica brasileira. Segundo o Ministério de Minas e Energia, estima-se que a instalação de novas usinas solares fotovoltaicas deva gerar, até 2021, investimentos de cerca de 8 milhões de reais. Segundo reportagem veiculada pelo Estadão, o Brasil é um país que têm incidência solar de 5,4 quilowatt-hora/metro quadrado – mais do que Estados Unidos, China e Alemanha, por exemplo.

Considerando a potência adicionada apenas no ano de 2017, atingimos, pela primeira vez na história, o ranking dos 10 países que mais adicionaram projetos da fonte solar fotovoltaica em suas matrizes, incorporando aproximadamente 1 GW em um único ano. Comparando a irradiação solar entre os países, a insolação do Brasil só perde para a Austrália.

Há um ano, a energia elétrica gerada pela fonte era capaz de abastecer 60 mil residências brasileiras (compostas de 4 a 5 pessoas). Hoje este número é 10 vezes maior, passando para mais de 633 mil residências.

No último ano, já foram gerados mais de 20 mil novos empregos diretos e indiretos, e a expectativa é de que este número se repita até o fim de 2018.