As Notícias do Brasil
Publicado em 19/09/2014, às 16:41
Fonte:

Entenda a metodologia de correção utilizada no Enem

Em novembro deste mais de 8 milhões de estudantes vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. Uma boa média final pode garantirbolsas de estudo em instituições particulares, intercâmbio com instituições em outros países e acesso a cursos técnicos gratuitos. A dica para uma nota mais alta é manter regularidade no desempenho.

A metodologia de correção utilizada no Enem é a Teoria de Resposta ao Item, ou seja, o valor de cada questão vai variar de acordo com o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. A pergunta que tiver um alto número de acertos será considerada fácil e, por isso, valerá menos. Mas se o estudante confirmar uma questão que poucos acertaram, ganhará mais pontos. Assim, dois participantes que fizeram o mesmo número de acertos não vão ter, necessariamente, a mesma média final.

Somente a redação será corrigida de forma diferente. Para esta avaliação dois profissionais atribuem uma nota que vai de zero até 200 em cada uma das cinco competências atribuídas. Vão ser avaliados o domínio da norma padrão da língua portuguesa, a compreensão da proposta da redação e também a seleção e organização das informações. Além disso, a argumentação e uma proposta de solução para os problemas abordados fazem parte dos critérios de correção.

Enem 2014
As provas acontecerão no dia 8 e 9 de novembro. No primeiro dia, será aplicada a prova de ciências humanas e ciências da natureza e suas tecnologias. A prova vai durar 4h30. Já no segundo dia de prova, os alunos responderão questões de linguagens, códigos e suas tecnologias e matemática. A redação também será aplicada no dia 9. O tempo da prova será de 5h30.

No dia da prova
Os portões de acesso abrem às 12h e fecham às 13h, horário de Brasília. Recomenda-se que todos os participantes cheguem ao local de prova até às 12h (horário oficial de Brasília), visto que será estritamente proibida a entrada após o fechamento dos portões.

Para saber mais sobre o exame acesse enem.inep.gov.br