Notícias

17.09.2019
Meio Ambiente

Empreendedorismo e desenvolvimento sustentável: conheça a startup brasileira que aposta no reflorestamento

A preservação ambiental é um assunto de destaque em todo o mundo e, no Brasil, o cenário ganhou ainda mais espaço nos últimos tempos. Foi pensando em contribuir com o meio ambiente que a startup brasileira Radix surgiu, oferecendo investimento florestal através de crowdfunding e trabalhando com reflorestamento de madeira nobre.

A Radix realiza ofertas públicas no valor de R$ 450 para quem se interessar em investir no mercado sustentável, um dos mais seguros da atualidade. “Trabalhamos com o plantio de madeira nobre, usada na fabricação de móveis, instrumentos musicais e engenharia de interiores: o mogno africano. É um negócio a longo prazo. Além de plantar, vendemos títulos destas florestas. Os investidores ganham, pois são sócios daquele módulo florestal. No momento em que vendermos esta madeira, eles terão o retorno financeiro junto com a gente”. Explica Gilberto Derze, sócio da Radix.

Com milhares de árvores plantadas, em Minas Gerais e Roraima, o impacto ambiental já é gigantesco: são 7 milhões de toneladas de carbono (CO2) eliminados da atmosfera somente neste ciclo. A expectativa para 2020 é dobrar a meta e chegar a, pelo menos, 80 mil plantios.

A madeira não vai deixar de ser comercializada, pois é um insumo muito importante na estrutura econômica e comercial. Na Radix, é feito o ciclo renovável, pois a árvore é replantada e esse é o maior impacto que se vê na hora da extração da madeira: impedir que mais florestas sejam desmatadas.