Notícias

29.01.2020
Brasil

Em 2019, setor do agronegócio representou quase metade das exportações do Brasil

No ano passado, as exportações do setor do agronegócio somaram cifras equivalentes a quase 97 bilhões de dólares, um valor que representa 43,2% do montante total de exportações brasileiras, de acordo com a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.   Ainda que de maneira tímida, os dados mostram o crescimento do setor nas exportações totais do país. Em 2018, a participação ficou em 42,3%.

Três produtos tiveram amplo destaque em 2019: milho, carnes e algodão. O milho registrou volume recorde de produção – somando 100 milhões de toneladas – e exportação - com 43,25 milhões de toneladas. Já a carne, se destacou graças a China que, de acordo com o ministério, se tornou o principal cliente da carne bovina brasileira, ultrapassando Hong Kong, agora na segunda colocação. O impacto da peste suína africana em diversos países também teve impacto positivo para as exportações do setor.

Por fim, a exportação de algodão em 2019 colocou o Brasil em outro patamar. Após registrar três recordes na última safra, o Brasil ultrapassou a Índia e se tornou o segundo maior exportador mundial de pluma, atrás apenas dos Estados Unidos. Os números foram publicados em boletim da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) e as cifras chegaram a 2,64 bilhões de dólares.