Notícias

13.07.2018
Brasil

Brasileiro conquista maior prêmio científico da Organização Mundial de Meteorologia

O engenheiro e meteorologista brasileiro Antonio Divino Moura ganhou o principal prêmio científico da Organização Meteorológica Mundial, OMM. Criado em 1955, o prêmio IMO escolhe o vencedor com base em trabalhos nos campos da meteorologia, hidrologia, climatologia e áreas relacionadas. 

Divino Moura é especialista em climatologia, com focos em previsão de tempo, fenômenos como o El Niño e a interação oceano-atmosfera. É também o coordenador-geral do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do Brasil, Inpe.

Em entrevista, o meteorologista disse que o reconhecimento pode abrir oportunidades para pesquisas futuras. “O prêmio é importante porque reconhece pela primeira vez num brasileiro a capacidade deste trabalho feito ao longo do tempo, na formação de recursos humanos, na pesquisa cientifica, nas aplicações, por exemplo, em prever o fenômeno El Niño e a seca no nordeste do Brasil. Ele ajuda no sentido que o país tem condições de realizar pesquisa científica de mais alto nível internacional e isso obviamente abre as portas”.

Divino Moura receberá o prêmio durante o Congresso da OMM em 2019.