As Notícias do Brasil
Publicado em 31/10/2014, às 14:04
Fonte:

Brasileira ganha prêmio internacional por pesquisa sobre resíduos sólidos

Especialista em Direito Ambiental e Políticas Públicas, a mineira Tatianna Mello Pereira da Silva, 27 anos, está entre os 25 cientistas mais promissores de todo o mundo que ganharam a sexta edição do Green Talents Award, um dos maiores prêmios mundiais no campo da sustentabilidade conferido pelo Ministério Federal de Educação e Pesquisa da Alemanha (BMBF).

O seu projeto de pesquisa, com foco no levantamento dos motivos que impedem o avanço da Política Nacional de Resíduos Sólidos no Brasil, impressionou o júri formado pelos maiores especialistas em sustentabilidade e pesquisa da Alemanha, em meio a 800 candidaturas de mais de 100 países.

O trabalho da brasileira tem o objetivo de testar a hipótese erigida pelo Governo Federal do Brasil e avaliar se a integração de cooperativas de catadores de material reciclável em sistemas formais de coleta seletiva e logística reversa, de fato, contribuiu para a inclusão social e emancipação econômica do grupo.

A pesquisa visa, ainda, produzir recomendações sobre como governo, empresas, sociedade civil e catadores podem atuar de forma coordenada e eficiente na busca da tríade inclusão-emancipação-reciclagem. Como pano de fundo, a pesquisa pretende trazer para o Brasil o debate acerca da economia circular, que vem ganhando força na Europa, conjugando os princípios promovidos por esse modelo com a ideia de economia social e solidária, já conhecida do discurso acadêmico e político no nosso país. Hoje o Brasil perde R$ 8 bilhões anualmente por reciclar apenas 4% dos resíduos coletados pelas prefeituras (162 toneladas de lixo são produzidas diariamente no País).

Desde 2009, o BMBF realiza o “Green Talents – Fórum Internacional para Iniciativas de Alto Potencial em Desenvolvimento Sustentável”, que tem por objetivo de promover o intercâmbio internacional de ideias relativas à soluções ecológicas. O prêmio, que tem como patrona a Ministra, Professora Johanna Wanka, homenageia, a cada ano, 25 jovens pesquisadores de todo o mundo.

Os vencedores são oriundos de várias disciplinas científicas e são reconhecidos por seus trabalhos que visam tornar a nossa sociedade mais sustentável. Os Green Talents 2014 foram selecionados por um júri de especialistas alemães de alto nível e terão acesso exclusivo à elite no campo da pesquisa em sustentabilidade no país.


Fonte: Rebia - Rede Brasileira de Informação Ambiental