As Notícias do Brasil
Publicado em 19/08/2014, às 12:48
Fonte: EAB

Brasil é o 8º país mais perigoso do mundo para os profissionais de imprensa

 

De acordo com levantamento do CPJ (Comitê para a Proteção dos Jornalistas) publicado na última semana, o Brasil é o oitavo país mais perigoso para profissionais de imprensa em todo o mundo.

O ranking é liderado pelo Iraque, com 151 mortes, seguido de Síria (67), Filipinas (59), Paquistão (47), Somália (42), México (22), Rússia (17) e Brasil, com 16 mortes.

O número de jornalistas assassinados na última década a 619, segundo o CPJ. A instituição internacional contabiliza as mortes desde 1992.


Ainda segundo o levantamento, os jornalistas independentes são os que mais sofrem com a violência. Correspondentes de grandes veículos costumam ter treinamento para ambientes hostis e equipamento de segurança.