Notícias

29.10.2018
Sustentabilidade

Alimentação saudável e valor acessível: empreendedor cria delivery de salada orgânica em comunidades

Um negócio de impacto social idealizado pelo engenheiro Hamilton Henrique, com o objetivo de democratizar o acesso a comida saudável e, ao mesmo tempo, criar uma fonte de renda para moradores da periferia, esse é o Saladorama.

O Saladorama é uma ideia de negócio próprio e sustentável que começou a ser construída há 3 anos, quando Henrique conseguiu um emprego em um espaço colaborativo no Rio de Janeiro. Acostumado a consumir alimentos industrializados, teve contato com empadão de legumes e lasanha de berinjela.

A surpresa inicial se transformou em objetivo: possibilitar a comida saudável e equilibrada acessível para sua comunidade. Como primeiro passo, Hamilton estudou a logística dos produtos na comunidade. E percebendo que, para o alimento chegar à mesa do consumidor final ele passava por três fornecedores, o Saladorama começou incentivando o plantio de alimentos orgânicos dentro da comunidade.

O segundo ponto foi definir os funcionários da empresa. Hamilton e a sócia Mariana Fernandes, nutricionista, optaram em contratar mulheres com filhos, que buscavam trabalho no mesmo horário de funcionamento da creche. Para completar a cadeia colaborativa, o empreendedor teve a ideia de personalizar as embalagens, feitas com produtos reciclados, com poemas e desenhos de artistas locais, que ganham R$ 1,00 a cada produto vendido.

O modelo deu tão certo que o Saladorama se tornou uma franquia social e hoje está presente em seis Estados brasileiros, nos quais além do serviço de entrega de saladas, oferece palestras gratuitas de conscientização sobre alimentação saudável.